Confidências de um animal digital

Não consigo amar gajas feias, sabes bem. E também sabes que isso é muito importante para mim. O físico. Tu já sabes como é que eu sou. Assumo. E além disso não quero ser lixado. Estou muito bem como estou. E se ela for feia? Sim se ela for feia o que é que eu faço??? Além disso parece-me demasiado empolgada. Não me vou meter nisto. E além do mais  também não gramo gajas que têm a mania que uma pessoa se define pelos filmes que mais gramou ver e pelos livros que designa como os da sua vida, ‘tás a ver a cena? Sim, sim, então não é que ontem à noite quis-me saber isso tudo? Mas que merda é essa do livro da minha vida, ou do filme da minha vida, ou da telenovela da minha vida? Essa agora! Até parece que eu já sou um homem morto não? ‘Inda agora vou a meio da minha rica vidinha… Vai na volta tens razão – ‘inda agora nasci! Hehe Como é que eu poderia dizer a esta gaja qual é o raio do filme da minha vida, hein? E mais: eu não gramo intelectualóides. Não vês que esta gaja deve ser meia intelectual, tu não consegues perceber isso? Olha eu consigo. Lá estava ela, a perguntar-me se eu me interesso por política, que jornais gosto de ler e assim. A medir-me, a traçar-me o perfil. Mas onde é que eu já vi isto? E se eu não gramo intelectualóides muito menos vou à bola com artistas, chissa, e gente de boas famílias nem se fala… o almocinho de família aos domingos dá-me cabo dos nervos, palavra de honra. Será que ela pensa que eu não a topo? Ó pá eu até ia mas tenho cá um medo que ela seja feia… Eu sei pá, eu sei que sou muito exigente com essa parte. Eu sei pá, eu também sei que não vou p’ra novo, claro, mas esta merda dos encontros da net é mesmo uma coisa tramada. Eu sei o que estou a dizer. Isto desenvolve cá uma adrenalina que nem queiras saber. Já te disse que sei como é. Tenho que me preparar, isto não é nada fácil. Deixas-me explicar pá? Mas tu deixas-me falar ou quê??? Eu sei que estou borrado de medo, obrigado por me relembrares. O melhor é mesmo ir alimentando isto assim devagarinho a ver o que é que dá. Na volta é mais do mesmo. Podes rir-te à vontade sua cabra. Mas porque é que estas coisas me acontecem? Vai na volta a gaja até é podre de boa… e depois se eu me apaixono. Sim, e se eu me apaixono outra vez por uma gaja da net? Ah, achas-me um preconceituoso de merda, e tens razão. Tu até tens razão. Mas porque é que isto me está a acontecer outra vez? É que eu não ando à procura de nada. Desta vez eu não andava MESMO à procura de nada. Ó pá tu não me lixes, sabes tão bem como eu. O mês de Agosto não é? Conta-me dessas! OK, mas o que é certo é que isto me anda a incomodar. Ainda ontem foi até às 5 e meia da matina. Achas? Népia! Sei lá quem é a gaja? Achas que isto é assim? Olha lá, e não te parece infantilóide que uma gaja comece logo, assim a seco, com altos entusiasmos? Garanto-te, mas garanto-te que desta vez que não me pus a seduzir. E mais: eu até a tratei mal pá. Juro. Eu até rocei a má educação. Eu quero é estar sossegado no meu canto ainda não percebeste?!! Fui mal educado, pois fui, e até lhe disse que já tinha fodido a vida a certas pessoas. Não é que a gaja quis saber porquê e eu até me deu para lhe contar? Ah pois contei. E dei-lhe o endereço do blog e ela deu-se ao trabalho de ler aquela merda toda. Na íntegra pelo que percebi. Ganda pachorra a dela! Infantilóide a gaja. Diz que eu bem posso armar-me em durão mas que ficou ciente que eu sou um gajo de grandes sentimentos. Eu dou-lhe os grandes sentimentos… Agora deu-lhe para me gramar do nada. Só me faltava isto. Mas donde é que esta gaja me conhece afinal? Até parece qu’é parva! Deve ser obsessiva, ou bipolar, mas sobretudo não deve ter mais que fazer. Deve ter uma vidinha sabes? Sim uma vidinha de tédio é o que é. Achas? Mas tu achas mesmo que é assim tão simples? Eu sei, eu já sei que tu achas que se eu não me ponho a pau fico pr’aqui mumificado, aqui em casa em frente a esta merda, a comer em frente a isto, a falar ao telemóvel em frente a isto, a coçar os tomates em frente a isto. Não. Mas tu estás parva? Claro que não é a primeira coisa que eu faço quando chego a casa. Para tua informação primeiro descalço os sapatos e faço uma mijinha e só depois é que me ligo. Não, não é nada de anormal. Tu é que és uma preconceituosa! E sabes que mais? Outro dia estive a ler uma reportagem sobre isso. Sabias que a esmagadora maioria da malta da minha geração a primeira coisa que faz quando entra em casa é ligar isto? Não vou porquê? Porque é que eu não vou? Mas tu achas mesmo que isto pode ser assim? Combinar um encontro com uma perfeita desconhecida para beber um café e já está? Achas? Olha e tu ias? Ah ias, assim sem mais nem menos? Ai já tinhas ido se estivesses no meu lugar? Isso é o que tu dizes mas eu já passei por isto, pá, eu já te disse que já passei por isto tudo! Por acaso daquilo que eu vi até acho que ela é capaz de ser magra. Pois pois, isso dizes tu, essa treta de que quem feio ama bonito lhe parece tem muito que se lhe diga. Mas tu queres saber porque é que eu meti um par de cornos à Carlinha? Queres? É que eu até sei perfeitamente que isso aconteceu porque a gaja me engordou vinte quilos. Vinte quilos, man! Fosga-se! Lembro-me de ir com ela à praia e de sentir que estava mas era em passeio com a minha rica mãezinha. Chissa! Eu na praia a galar as sereias todas à minha volta… Eu sei que isto é horrível, eu sei mas eu conheço-me. O físico é muito importante na minha vida. Eu sei que foi por causa daqueles vinte quilos que pus os cornos à Carlinha, não tenhas dúvidas. Nã nã, é que nem penses. Eu primeiro vou mas é de férias, e depois logo se vê. Vou alimentar isto bem devagarinho. Nem pensar, e olha, estou mais que farto de conversinhas de sedução. Hahaha! Tens razão pá. Tu conheces-me. Eu até admito que essa ideia de lhe mandar os parabéns em sms durante as férias é uma manobra de sedução. Mas será que eu agora tenho que levar com ela e também tenho que levar contigo? Mas tu agora andas feita com ela é? ‘Tou tramado. Ó pá tu tens razão, é só mesmo para beber um café não é para subir ao altar. Não me lixes, tu já viste bem a bordoada que eu já levei na puta da minha vida? Pois. Ela incomoda-me sim.

Raismaparta, pá! Achas mesmo??? Pois o que me chateia é precisamente que ela anda a dar-me nas orelhas e até está a acertar. Pois está. Está a fazer-me baixar a guarda esta cabra. Normalmente eu é que me ponho nesse papel. Eu é que gramo desmontar as pessoas. Cala-te pá, não brinques, não faças trocadilhos numa altura destas! Eu não disse montar, sua porca, o que eu disse foi desmontar. Já não se pode contar com uma velha amiga, chissa! Não pá! Eu não te estou a dizer que não vou, mas ainda não tenho aquele feeling para ir… Hahaha! Não me lixes! Nem sei se tenho mais medo que ela seja feia ou que ela seja gira. Fosga-se, não me dás apoio nenhum e ainda gozas comigo… Tu não me lixes. Olha bem p’ra ti! Sim, p’ra ti! Não estás tão bem assim? Tu não me digas que agora querias alguém a entrar pela tua rica vida adentro, com escova de dentes e tudo, bem como tu estás agora? Pois pois, mas eu já te disse, e repito: eu não consigo amar pessoas feias. Tu já sabes há muito tempo que eu só consigo amar pessoas feias POR DENTRO. Ponto.

Anúncios

4 Respostas to “Confidências de um animal digital”

  1. apresentas-me o teu amigo?! deve ser insuportável esse gajo… narcisista não?! e com a mania que é bom… um tipo assim é que eu gramava apanhar pela frente…

  2. até apresentava, mas o problema destes é que primeiro que apareçam em carne e osso… e quando aparecem, por vezes até são mulheres!!! hehehe

  3. ahahahhaah…ó pá gda cromo…. mas isto foi real esta conversa …????

  4. foi a partir de uma conversa sim, mas depois, no comboio, eu deixei-me levar… até aqui… a Sete Rios, digo Seven Rivers… no que se tornaram as aproximações…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: