a frase do amor

A frase do amor, ou… quando um mago urbano sobe uma oitava numa conversa animada

 

Certa vez um mago urbano disse, colocando a voz uma oitava – ou talvez uma sétima menor – acima do seu tom habitual: «as pessoas põem o amor onde ele não existe.»

A frase apareceu, desconcertante e certeira, como um elemento de um fio condutor, e foi de tal forma bem metida que se tornou memorável, e, de vez em quando, muito de vez em quando ressurge, sorridente, nítida e brutal como um relâmpago, a propósito de tudo-e-mais-alguma-coisa. Aparece ela ora mais contemplativamente, nos recantos de uma reflexão, ora como uma tirada de (bom) humor, trazida à tona por uma história, uma conversa, uma partilha, ou pela mera observação do mundo. Aparece sempre. E dá sempre que pensar. Ou que dançar. As pessoas põem o amor…como se o amor pudesse ser posto, por exemplo, numa malinha de mão, no bolso de um casaco, ou metido debaixo de um braço. Como se o amor fosse um objecto portátil que pode ser posto onde dê jeito, ou como se fosse um autocolante, que, instantaneamente, transforme um espaço em branco numa paisagem novinha em folha. Como se o amor fosse um sinal de trânsito que condiciona a circulação pelos caminhos da vida. As pessoas põem o amor… Se eu soubesse desenhar haveria de esgalhar uma fila enorme de pessoas a movimentarem-se, infatigáveis como formigas num carreiro, carregando às costas o imenso fardo do amor, acreditando, a todo o momento do seu obstinado percurso, que o levam para um lugar perfeito, algures longe, longe – o tal lugar que nem sequer existe!

As pessoas põem o amor onde ele não existe é, de facto, uma frase a ser dita uma oitava (ou sétima menor) acima da tonalidade habitual de qualquer voz. Quando esta frase fosse dita os vidros das janelas da alma haviam de se estilhaçar.

É que a puta da frase é mais labiríntica do que possa parecer à primeira vista, especialmente quando vem impregnada de sentido de (bom) humor, senão vejamos: se realmente as pessoas andam de um lado para o outro com o amor às costas, ou debaixo do braço, provavelmente o que transportam nem sequer será o amor, e a coisa começa desde logo distorcida. Por outro lado, sendo ou não sendo amor aquilo que se carrega, a intenção de se pôr o dito – ou o não dito – onde ele não existe, é, no mínimo, desarmante. Como um sonho bizarro ou um flash de anti-vida. Na verdade, para se dizer uma frase de amor deste calibre na sequência de um pensamento ondulante, qual solo musical iluminado como foi o caso, há que estar-se imbuído de uma convicção extraordinária: a de que se o amor não existe num determinado lugar tampouco pode ser lá posto, o que desde logo estabelece interrogações radicais quanto à própria natureza – e desnatureza – do amor, e só depois de ter percorrido um pouco estes labirintos do pensamento consegui, creio, perceber porque razão a frase foi dita uma oitava – ou seria uma sétima maior – acima da tonalidade habitual da voz de quem a proferiu. E mais oitavas acima alcançasse essa voz… Uma coisa é certa: desde então fiquei sem vontade alguma de andar por aí a carregar com o amor, e pergunto-me se terei começado a ter vontade de passear com ele, sim, mas dentro, num lugar que exista e não me pese.


15 Respostas to “a frase do amor”

  1. *****
    5 estrelas, amiga!
    adorei o post, não sei quem proferiu a frase, só sei que não fui eu… E tambem sei que o amor que sinto, EXISTE no meu coraçao e não me pesa. E é assim que deve ser!!!!
    (a proposito! AMO-TE a ti e a toda a tua descendencia:))))

  2. O amor

    Amor desejo?
    Amor tesão?
    Amor incesto?
    Amor tentação?

    Amor paternal?
    Amor de irmão?
    Amor maternal?
    Amor Perdão?

    Amor odiado?
    Amor sem razão?
    Amor desvairado?
    Amor sem direcção?

    Amor mal amado?
    Amor defraudado?
    Amor educado?
    Amor amado?

    Amor alegre?
    Amor triste?
    Amor perdido?
    Amor que persiste?

    Amor paciente?
    Amor promessa?
    Amor indecente?
    Amor de conversa?

    Amor de conveniência?
    Amor frustrado?
    Amor impaciência?
    Amor coitado?

    Amor possessivo?
    Amor mordaça?
    Amor amarrado?
    Amor desgraça?

    Amor ferido?
    Amor impedido?
    Amor profundo?
    Amor querido?

    Amor forte?
    Amor timidez ?
    Amor fraco?
    Amor primeira vez?

    Amor debochado?
    Amor a dois a três?
    Amor uma noite?
    Amor nunca mais me vês?

    Amor autruísta?
    Amor universal?
    Amor conversa?
    Amor sempre igual?

    Amor sádico?
    Amor masoquista?
    Amor engraçado?
    Amor à primeira vista?

    Amor colorido?
    Amor embaraço?
    Amor de Verão?
    Amor em colapso?

    Amor poder ?
    Amor submissão?
    Amor sem o ser?
    Amor ilusão?

    Amor presente?
    Amor Recordação?
    Amor morte?
    Amor ressurreição?

    Amor aconchego?
    Amor enroscado?
    Amor adormecido?
    Amor despertado?

    Amor Lágrima?
    Amor esperança?
    Amor riso?
    Amor criança?

    Quem nunca amou nem foi amado
    Por mais que viva
    Nunca há-de entender
    Nem o bem nem o pecado
    E o mundo há-de lhe
    Passar sempre ao lado.

  3. isto é que são seres inspirados-inspiradores! obrigada pela troca! beijinhos Lena, beijinhos Daniel!

  4. tento ser mais inspiradora do que inspirada…beijos pa ti tb, miuda!

  5. agora reli o texto e percebi quem disse a frase… esse miudo

  6. achas que percebeste… mas talvez não… a frase foi dita na tal oitava acima por um homem feito e refeito! hehehe

  7. lol, por amor de DIOUS dona lisa….eheheh

  8. a frase é dita por um cinquentão voador de barbas brancas que parece o Mago Merlin perfumado com um aroma de alta estirpe e sem papas na língua. E tu não há meio de acreditares! Ele disse a frase e eu dancei com ela que não faço mais que a minha obrigação. Dançar! hehehe

  9. ….com tantos pesos!!!!!!

    Que bom carregar com ESSE que me preenche os braços e me envolve a alma!!!!
    Queria eu que me pesasse mais. Talvez um dia o mereça:)

  10. your website is great. when is the next post coming on this topic? i’m happy i found this blog.http://www.casaemail.com.br

  11. hi, great post. i really admire your work and i lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

  12. you have done a marvellous job by providing this post. it will help a lot the people who are searching for information. thanks for sharing. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

  13. i totally agree with you! lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

  14. I think you would be copeable to write an ebook about this stuff

  15. this site is very nice thank you. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: