2012 – oito, nove palavras

talvez seja possivel viver cada dia como um novo inicio, segurar em invisiveis mãos um fulgor qualquer, talvez o estranhio fulgor com que cada dia amanhece mesmo depois de uma chacina . mesmo depois de tudo ter sido infamemente esmagado, mesmo depois de todas as mortes.  talvez seja possivel respirar com o arco iris por dentro do peito. Ou como a música que se faz em múltiplas camadas de ritmo e  harmonia. Talvez seja possivel mudar alguma coisa, perder o chão por inúmeros momentos como quem se perde por dentro de uma canção, assim:

when I empty my hands I hold everything.

Anúncios

~ por lisadeoliveira em Sábado, 29 Dezembro, 2012.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: